Saída de imóvel alugado: saiba como funciona esse processo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Muitas vezes o término de um contrato de imóvel alugado é visto pelas pessoas como um processo muito burocrático e, por vezes, até mesmo traumático. Afinal, não são raros os casos de locatários que enfrentam problemas com os locadores no momento da saída. Mas é possível realizar a entrega de um imóvel de forma tranquila e legítima, sem surpresas desagradáveis pelo caminho.

E é justamente sobre isso que vamos tratar no texto de hoje. Saiba como funciona esse processo e o que é imprescindível para uma saída segura e sem dores de cabeça. Confira!

Termo de entrega das chaves

O termo de entrega das chaves é um tipo de documento que oficializa a devolução de um imóvel alugado. Ele é importante porque tem o papel de registrar a entrega da casa ou apartamento, conferindo assim mais segurança e legitimidade para esse processo.

No documento, o locador declara o recebimento do imóvel e descreve todas as obrigações que o locatário deve cumprir para devolver o imóvel, como renovação da pintura, reparo de possíveis danos causados no local e o desligamento de serviços.

Entrega das chaves

Depois da realização do termo, é hora de entregar as chaves do imóvel. É fundamental que elas sejam devolvidas diretamente ao proprietário ou ao seu representante, como agentes de imobiliárias.

Vale ressaltar que todas as chaves, incluindo as reservas, da caixa de correio e controle de portões eletrônicos, devem ser entregues juntas. Caso o inquilino tenha perdido ou se esqueça de devolver todos esses itens, é possível que exista a cobrança de uma multa por parte do locador. Por isso, é importante ficar atento para que tudo seja devolvido da melhor forma possível a fim de evitar taxas extras no encerramento do contrato.

Por fim, é importante pegar o termo de entrega do imóvel assinado pelo proprietário. Isso garante que o locatário cumpriu todas suas obrigações e atesta o recebimento pelo locador, evitando problemas futuros.

Vistoria de saída

Assim como acontece na entrada, também é obrigatória a realização da vistoria de saída do imóvel. É ela que permite avaliar se a propriedade foi entregue nas mesmas condições que o inquilino recebeu no início do contrato de aluguel.

Geralmente, essa vistoria é realizada após a retirada dos móveis e demais pertences do morador e entrega das chaves. Ela é essencial para evitar qualquer conflito na devolução imóvel e por mais que seja considerado um procedimento burocrático, também ajuda evitar que qualquer cobrança indevida seja cobrada do locatário.

Durante a inspecção, os pontos avaliados costumam ser  as instalações elétricas e hidráulicas,

revestimentos, pintura interna e externa, portas e janelas, teto e forros, ralos e demais aspectos relacionados à parte estrutural da casa ou apartamento. No entanto, quando existem móveis planejados, eles também são considerados nessa vistoria.

E se o proprietário exigir algo indevido do locatário?

Após a vistoria de saída do imóvel, pode acontecer algum tipo de situação em que o proprietário aponte algum problema que não seja de responsabilidade do inquilino, como uma rachadura ou outro dano estrutural que já fazia parte da propriedade no momento em que o contrato de aluguel foi assinado. Em casos como esse, é sempre melhor optar pelo diálogo a fim de se tentar chegar a um acordo com o locador.

Entretanto, é importante ressaltar que o laudo de vistoria de entrada pode ser determinante para solucionar esse tipo de situação, principalmente se ele contar com fotos que mostram todos os detalhes do imóvel. Isso porque esse tipo de informação acaba comprovando o estado inicial da casa ou apartamento e evita que qualquer cobrança indevida seja feita no final do contrato.

Por fim, é fundamental solicitar ao proprietário ou a imobiliária uma declaração negativa, para comprovar a quitação de todos os débitos relacionados ao imóvel, além de uma cópia do laudo de vistoria, para confirmar que as condições da propriedade foram mantidas. Dessa forma, você estará pronto para finalizar a entrega de um imóvel alugado com sucesso.

Gostou das dicas do texto de hoje? Compartilhe com a gente a sua opinião nos comentários!

COMPARTILHE
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Abra o Chat