3 razões para usar plantas permanentes na decoração da sua casa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Um dos grandes destaques da Ambiente 2019, feira referência de decoração realizada na Alemanha, as plantas permanentes passaram a ser vistas de outra forma nos últimos anos. Se no passado elas carregavam o estigma de serem cafonas e pouco realistas, agora a realidade é outra.

Também conhecidas como plantas artificiais, esse tipo de vegetação pode ser tão expressiva e bonita quanto a natural. Além disso, elas também têm a capacidade de transformar qualquer ambiente e promover aquela deliciosa sensação de bem-estar.

No texto de hoje vamos mostrar a você o que são plantas permanentes e três razões que mostram porque vale a pena usá-las na decoração da sua casa. Confira!

O que são plantas permanentes

São plantas artificiais que possuem formatos, cores e texturas muito semelhantes às plantas naturais. 

Feitas de plástico, borracha ou silicone, elas são muito resistentes e não precisam de poda, rega ou exposição à luz natural para se manterem vistosas e bonitas. Por isso, têm se tornado uma verdadeira tendência quando o assunto é decoração e paisagismo.

3 razões para usar plantas permanentes em casa

Democráticas, as plantas permanentes podem ser utilizadas tanto por quem mora em casas grandes quanto em apartamentos menores. Isso porque, elas proporcionam beleza e sensação de bem-estar a qualquer tipo de ambiente.

Conheça a seguir outras razões para apostar no uso desse tipo de planta para decorar a sua casa.

1. Durabilidade

Essa é, sem dúvida alguma, uma das principais vantagens de usar plantas permanentes na decoração. Como elas não dependem tanto de fatores externos para se manterem bonitas e saudáveis, esse tipo de planta tem uma durabilidade muito maior quando comparada à vegetação natural.

E dependendo do material escolhido, essa longevidade pode ser ainda maior. Modelos em silicone, por exemplo, costumam durar mais e não perdem a coloração facilmente. Portanto, vale a pena ficar atento e pesquisar por opções que se mantém conservadas por mais tempo.

2. Praticidade na manutenção

Outra razão que justifica a utilização de plantas permanentes é a praticidade que elas oferecem. Como não é necessário regar, podar, adubar ou colocá-las no sol para aproveitar a iluminação natural, elas acabam sendo uma ótima opção para quem não tem tanto tempo no dia a dia para cuidar das plantinhas.

Além disso, essa praticidade também é ideal para quem ama plantas mas não tem tanta experiência com a manutenção que elas exigem para se manterem saudáveis e bonitas. Logo, se alguma dessas situações exemplificam a sua situação, saiba que os modelos artificiais se encaixam super bem na sua rotina.

3. Facilidade para limpar

Por mais que não exijam os mesmos cuidados que as plantas naturais, as versões artificiais também precisam de alguns cuidados para continuarem com boa aparência. Entretanto, essa manutenção é considerada bem simples e fácil de ser feita.

Os principais cuidados necessários são:

  • Remover a poeira a fim de não deixar acumular uma camada branca sobre as folhas;
  • Não usar sabão em pó para limpá-las;
  • Não deixá-las de molho;
  • Sempre que lavar, deixar secar na sombra.

A limpeza no dia a dia pode ser feita com a ajuda de um pano seco, um espanador de pó ou ainda um secador de cabelos. Qualquer um desses acessórios já será capaz de eliminar a poeira que inevitavelmente acaba ficando acumulada na superfície das plantas permanentes. E caso seja preciso uma higienização mais profunda, basta utilizar detergente neutro para lavar o material e deixá-lo secar de cabeça para baixo na sombra. 

E então, que tal começar a investir nas plantas permanentes para transformar a sua casa e deixá-la mais bonita e confortável? Compartilhe com a gente a sua opinião nos comentários!

COMPARTILHE
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Abra o Chat